Fonte: Futuro Florestal




Nesse vídeo o diretor florestal da Futuro Florestal, Eduardo Ciriello, visita a fazenda Limoeiro em São José dos Campos, no plantio de área de reserva legal, onde foi utilizado o modelo de restauração com retorno econômico, que utilizou 50% de espécies exóticas, como o Mogno Africano, e 50% de espécies nativas, dentre as madeireiras e as de diversidade para seguir o que que preconiza o Código Florestal.

Neste sistema foi realizada também plantio de adubação verde simultaneamente as mudas arbóreas, a fim de ajudar no resultado da restauração, trazendo mais matéria orgânica ao solo. Já sobre o método do plantio, o sistema adotado foi plantação em linhas intercaladas, entre as espécies de Mogno Africano, Khaya grandifoliola<.i> e nativas.

A restauração florestal é de grande importância nos serviços prestados na área ambiental, além de contribuir para a sustentabilidade, restaurar de forma gradual a biodiversidade, suas espécies arbóreas oferecem um grande potencial para a remoção de CO² na atmosfera, ajudam na proteção das bacias hidrográficas e contribuem para a melhora da qualidade de vida da região, melhorando o microclima e o deslocamento da fauna.

A extração e comercialização ilegal de madeiras infelizmente movimenta cerca de R$ 1 bilhão por ano, prejudicando não somente a biodiversidade, mas causando sérios prejuízos ambientais devido a não reposição da área devastada. Entretanto, o reflorestamento de reserva legal com viés comercial, vem se tornando um investimento viável e necessário, principalmente nesse momento em que todo produtor rural tem prazo para aderir ao Programa de Regularização Ambiental (PRA).

É possível começar um plantio de forma correta, seguindo todos os critérios legais, manutenção e proteção da floresta.

As reservas legais que antes eram vistas como um ônus e problema para o produtor, pode ser uma excelente alterativa de renda com plantios de florestas mistas de espécies exóticas, como Mogno Africano, e as espécies nativas, que surgem como grandes oportunidades de negócio sustentável a médio e longo prazo, ajudando a criar um horizonte interessante para reduzir a pressão nas florestas nativas dos biomas ameaçados do Brasil, como Amazônia, Pantanal, Cerrado e Mata Atlântica.

Quer saber mais sobre investimentos em áreas de reserva legal? Acesse: www.futuroflorestal.com.br

Clique aqui para assinar GRATUITAMENTE o Agrosoft e receber todos os dias no seu email as notícias em destaque.



Compartilhe esta postagem nas redes sociais