Fonte: Jornal da Cultura




A prática consiste, por exemplo, de usar energia renovável, reutilizar água e até mesmo produtos que ainda estão em boas condições. Tudo começa com a construção do armário com material reciclável. Depois de pronto, a comunidade ajuda na instalação. O guarda-roupa fica na calçada… E os moradores abastecem as prateleiras com roupas e outros objetos. O recado é claro: “deixe o que você não usa mais e leve o que precisar”. É tudo de graça e pra quem quiser pegar.

Clique aqui para assinar GRATUITAMENTE o Agrosoft e receber todos os dias no seu email as notícias em destaque.



Compartilhe esta postagem nas redes sociais