Fonte: EFE




As escolas nas Filipinas permanecerão fechadas até que a vacina contra a Covid-19 esteja pronta e impôs um modelo de ensino à distância que trouxe uma série de desafios para as milhares de famílias com poucos recursos tecnológicos. Mas um “call center” com 70 professores está disponível de segunda a sexta-feira para responder às dúvidas dos alunos por telefone ou chat.

“Com este programa tentamos tornar as coisas mais fáceis e responder às perguntas de qualquer aluno do ensino fundamental ou médio do país”, explica Rochel Gumangan, uma professora de 26 anos contratada para participar deste projeto denominado ‘Tele-Aral’, uma iniciativa da Câmara Municipal de Taguig, uma das cidades mais ricas da área metropolitana de Manila.

Clique aqui para assinar GRATUITAMENTE o Agrosoft e receber todos os dias no seu email as notícias em destaque.



Compartilhe esta postagem nas redes sociais