Fonte: Jornal da Cultura




O projeto foi apresentado hoje (16/10/20) durante uma reunião da Organização Mundial do Comércio (OMC). A proposta de quebra de patente para medicamentos e vacinas que possam auxiliar no combate à pandemia foi apresentada pela Índia e África do Sul. A Organização Mundial da Saúde (OMS) apoiou a iniciativa mas, a posição adotada pelo Brasil é que o atual sistema de patentes já garante acesso aos produtos de forma igualitária a todos os países, em caso de necessidade. A reunião teve que ser suspensa para que os governos possam fazer consultas sobre o tema e tentar voltar a negociar.

Clique aqui para assinar GRATUITAMENTE o Agrosoft e receber todos os dias no seu email as notícias em destaque.



Compartilhe esta postagem nas redes sociais