Fonte: Embrapa

Foto: Arquivo: Embrapa Cocais

No Dia Mundial da Alimentação, comemorado em 16/10, a Embrapa Hortaliças e o Ministério da Cidadania anuncia que a experiência do projeto Hortas Pedagógicas, implantado em escolas do Maranhão e do Piauí, será estendida para todo o Brasil por meio do curso de Educação a Distância ‘Gestão de Hortas Pedagógicas’. As inscrições gratuitas podem ser feitas no período de 23 a 30 de outubro pelo  portal e-campo da Embrapa (www.embrapa.br/e-campo). O evento on-line ocorrerá entre 04/11 e 04/12. 




Kelliane Fuscaldi, coordenadora-geral de Apoio à Agricultura Urbana e Periurbana, do Ministério da Cidadania que acompanhou as ações desenvolvidas naqueles estados, define o projeto Hortas Pedagógicas como um importante instrumento para ‘fortalecer o Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Sisan) por meio de ações de agricultura urbana e periurbana nas escolas’.  

‘Através da educação multidisciplinar, o projeto promove orientações sobre a alimentação saudável e adequada, ao mesmo tempo em que aumenta o acesso e o consumo desses alimentos por populações que vivenciam altos índices de vulnerabilidade social’, pontua a coordenadora.

O curso, desenvolvido pela Embrapa Hortaliças (Brasília-DF), é tido como um desdobramento da parceira firmada em 2018, por meio de termo de execução descentralizada entre o Ministério da Cidadania e a Embrapa Hortaliças. 

‘A ideia que norteou o projeto permanece: fortalecer ações de educação alimentar e nutricional, e o Hortas Pedagógicas é a ferramenta com a qual trabalhamos para criar essas condições’, explica Guida Gorga, analista da área de Transferência de Tecnologia (TT) e coordenadora-geral do projeto na Embrapa, que detalha os passos seguidos para chegar ao curso on-line. 

Segundo ela, após implementada a etapa-piloto, relacionada aos projetos de Hortas Pedagógicas em quatro escolas – duas no Maranhão e duas no Piauí, escolhidas pela situação de extrema vulnerabilidade na questão da segurança alimentar – ‘recolhemos essas experiências e produzimos um material técnico e pedagógico bastante robusto, composto de cartilhas, videoaulas e planners, enfim todo o conteúdo do que foi aplicado na prática e que as escolas vão poder implementar de forma autônoma’.

Públicos

O conteúdo disponibilizado pelo curso on-line visa alcançar diversos públicos, a exemplo de gestores de escolas e professores que queiram adotar o conhecimento sobre hortas como recurso educacional para ser utilizado em sala de aula, e também para nutricionistas e merendeiras. ‘O curso é baseado em um projeto que deu certo, e a prova desse acerto são as notícias que chegam até nós, informando que as escolas contempladas na primeira etapa do projeto estão mantendo as hortas’, resume Gorga.
 

Serviço

O quê: Live ‘Implantação da Etapa Piloto do Projeto Hortas Pedagógicas – aprendizados e desafios’

Data: 21/10/2020

Horário: 14h às 15h30

Onde: Youtube da Embrapa 


Fonte Responsável: Embrapa Hortaliças



Compartilhe esta postagem nas redes sociais