Fonte: jornal.usp.br

Software foi desenvolvido por pesquisadoras da Escola de Enfermagem da USP


Aplicativo é uma ferramenta de apoio no diagnóstico da hanseníase – Foto: Reprodução

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil ocupa o segundo lugar em casos de hanseníase no mundo, a primeira posição é da Índia.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Agência Bori


FOTO: MIKA BAUMEISTER / UNSPLACH

• Jovens brasileiros participam do piloto coletando e compartilhando informações sobre chuvas
• Dados compartilhados por meio do app possibilitarão um planejamento de risco de inundação mais preciso em nível local e nacional
• Projeto internacional conta com a participação de pesquisadores brasileiros da Universidade de Warwick, da Fundação Getúlio Vargas (FGV EAESP) e do Cemaden

As inundações que estão causando estragos em cidades brasileiras nos últimas dias são também uma preocupação em outros lugares do mundo, como no Reino Unido, onde regiões também ficaram embaixo d’água recentemente.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Fapesp

Software pode reduzir impacto da chuva no transporte público

Rio de Janeiro testa sistema desenvolvido por empresa apoiada pela FAPESP para detectar problemas na operação de linhas de ônibus durante temporais; tecnologia também será implementada em Belo Horizonte, uma das capitais mais afetadas pela chuva em 2020 (imagem: divulgação)

Durante as chuvas fortes deste verão, a atenção dos gestores do Centro de Operações (COR) da Prefeitura do Rio de Janeiro se volta para a tela de um computador em que é possível visualizar e acompanhar, em tempo real, o fluxo de ônibus na cidade.

Desenvolvido pela Scipopulis, por meio de projetos apoiados pelo Programa FAPESP Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE), o sistema, chamado “Painel de ônibus”, permite monitorar o funcionamento do sistema de transporte público.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

Tecnologia é gratuita e pode criar nos produtores a rotina de monitorar a produção. Foto: Rafael Rocha

• Novo aplicativo auxilia diagnóstico de propriedades leiteiras.

• Mostra a eficiência dos animais de forma rápida.

• Informações fornecidas pelo app ajudam no manejo nutricional e reprodutivo do rebanho.

• É gratuito e pode ser usado off-line

• Pode criar o hábito nos produtores de monitorar periodicamente a produção

A Embrapa Rondônia e o Instituto Federal de Rondônia (IFRO) desenvolveram um aplicativo para auxiliar no diagnóstico produtivo de fazendas leiteiras.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

Termo de intenção é assinado junto a empresas privadas para garantir desenvolvimento de pesquisa em sistema de sulco-camalhão. Foto: Paulo Lanzetta.

Embrapa, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM),  IRGA e INMET são os autores da nova solução tecnológica que realiza projeções de manejo e produtividade do arroz, por estádio de desenvolvimento, cultivar e município.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

Aplicativo para dispositivo móvel faz a estimativa da data de ocorrência de seis estádios de desenvolvimento das cultivares recomendadas para cultura do arroz. Foto: Paulo Lanzetta

Tecnologia é lançada na 30ª Abertura da Colheita do Arroz e a futura cultivar BRS A705 é apresentada aos produtores em vitrines tecnológicas, instalada na Estação Experimental

A Embrapa lança para a cadeia produtiva do arroz um aplicativo para celular, o PlanejArroz, na quarta-feira, 12/02, no primeiro dia do evento da 30ª Abertura Oficial da Colheita do Arroz, às 15h40, dentro do espaço do Fórum Técnico, no auditório da Estação Experimental Terras Baixas, localizada no Capão do Leão/RS.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais