Fonte: Embrapa

Além do curso, a plataforma disponibilizará, também de forma gratuita, publicações e vídeos de alguns trabalhos desenvolvidos em outras regiões do país. Foto: Embrapa

A Embrapa Milho e Sorgo preparou o curso online gratuito “Recuperação de Pastagens Degradadas”. O treinamento será oferecido no ambiente virtual de aprendizagem da Embrapa, de 6 de abril a 6 de maio de 2020.

 “Estamos enfrentando um momento delicado em todo o mundo e gostaríamos de contribuir com os profissionais do agro no Brasil, oferecendo um curso com uma temática bastante importante, para que possam reciclar e buscar novos conhecimentos durante esse período de isolamento”,  informa a coordenadora administrativa do curso Myriam Maia Nobre.

Com carga horária de 15 horas, o curso tem a proposta de mostrar três estratégias importantes para o produtor.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

Serão ofertados os seguintes temas: A água no solo, O clima na irrigação, Requerimento de água, Sistemas de irrigação, Desempenho de sistemas irrigados e Estratégias de manejo de irrigação. Foto: divulgação

A Embrapa lança esta semana o curso “IrrigaWeb – Capacitação online em Uso e Manejo da Irrigação” na versão free

Nessa versão gratuita (IrrigaWeb free), a Embrapa espera contribuir  para o desenvolvimento profissional dos interessados em se capacitar no tema Irrigação, no período de restrições impostas pela pandemia da  Covid-19.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

Os produtores rurais e os agentes do Programa de Garantia da Atividade Agropecuária (Proagro) vão poder usar ferramentas digitais e de sensoriamento remoto para a comunicação e a comprovação das perdas agrícolas, além das análises e julgamento dos pedidos de cobertura. A Resolução nº 4.796, publicada pelo Banco Central nesta quinta-feira (2), define a adoção da medida de forma temporária pelo Conselho Monetário Nacional, devido às restrições de mobilidade impostas em razão da Covid-19 que dificultam a comprovação presencial normalmente realizada pelos técnicos do governo.

Sistema de Análise Temporal da Vegetação (SATVeg), desenvolvido pela Embrapa, poderá ser consultado para verificação das perdas agrícolas do Proagro.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

Nova variedade pode interessar a produtores orgânicos e também convencionais, por economizar insumos na lavoura. Foto: Agnaldo Carvalho

A cenoura BRS Paranoá, primeira cultivar do mercado nacional desenvolvida e validada especialmente para a produção orgânica, está sendo ofertada pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) para empresas produtoras de sementes de cenoura inscritas no Registro Nacional de Sementes e Mudas (RENASEM).

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

Cursos oferecidos abrangem diversas cadeias produtivas e temáticas. Foto: Divulgação (Istock)

Hortas em pequenos espaços, Introdução a biofortificação e Controle de carrapato em bovinos de leite estão na lista dos 14 cursos gratuitos que estão com inscrições abertas este mês de abril na plataforma e-Campo da Empresa Brasileira de pesquisa agropecuária (Embrapa).

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

Área experimental com plantio de forrageiras irrigadas com águas salinas. Foto: Divulgação

A água é um insumo vital para a atividade agropecuária e esse é um dos grandes desafios enfrentados por pequenos e médios produtores do sertão nordestino, dependentes da água da chuva e que sofrem com a falta dela.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

Objetivo é estimular, junto aos participantes, propostas para implantação de SAFs no Semiárido. Foto: Ana Elisa Sidrim

Estão abertas, a partir desta segunda-feira (6), as inscrições para a segunda turma do curso online “Sistemas Agroflorestais para Pequenas Propriedades do Semiárido Brasileiro”, promovido pela Embrapa.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

Foto: Juliana Caldas

De maneira geral, a produção de alimentos sem irrigação é caracterizada por baixas produtividades, comprometendo a capacidade de atender aos mercados e de garantir retornos econômicos e sociais. Em condições de sequeiro, há maior incerteza quanto ao resultado da produção, já que ela fica limitada aos períodos de chuvas, sendo totalmente dependente das variações climáticas.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

Abril/2020 – 1ª Semana – Região Centro-Oeste/Sudeste

O Prosa Rural desta semana mostra como melhorar a produtividade dos rebanhos bovinos leiteiros do Brasil Central, especialmente de raças zebuínas leiteiras. O pesquisador Carlos Frederico Martins, da Embrapa Cerrados, fala sobre os benefícios da Prova Brasileira de Produção de Leite a Pasto do Zebu Leiteiro, realizada em parceria com a Associação de Criadores de Zebu do Planalto, a Associação Brasileira de Criadores de Zebu e produtores da região.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

Abril/2020 – 1ª semana – Regiões Norte, Nordeste/Vale do Jequitinhonha e Sul

O Prosa Rural desta semana fala sobre os cuidados no preparo e aplicação de defensivos agrícolas. Um tema de fundamental importância para o agricultor, apresentado pelo pesquisador Murilo Arruda e pelo técnico de segurança do trabalho Manoel Rodrigues Júnior, ambos da Embrapa Amazônia Ocidental. O ouvinte vai conhecer os aspectos essenciais do uso de agrotóxicos, tudo de acordo com a lei, de modo a garantir a segurança do produtor, do aplicador, do meio ambiente e do consumidor do produto final.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

Paulo Barroso

Paulo Augusto Vianna Barroso, pesquisador da Embrapa Territorial, foi designado presidente da Comissão Técnica Nacional de Biossegurança – CTNBio para o cumprimento do primeiro mandato, a partir de 19 de abril de 2020. A Portaria 1.382 com a informação foi assinada pelo ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, no dia 1º de abril.

Barroso possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Lavras (1991), mestrado em Ciências (Energia Nuclear na Agricultura) pela Universidade de São Paulo (1995) e doutorado em Agronomia (Genética e Melhoramento de Plantas) também pela Universidade de São Paulo (2000).

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

Tanques-rede. Foto: Fernanda Sampaio

Piscicultura teve avanço de 4,9% e segue rota de crescimento

A publicação Manejos de tilápia em tanques-rede em represa rural do leste paulista: estudo de caso (acesso gratuito aqui) disponibilizada pela Embrapa Meio Ambiente (Jaguariuna, SP) mostra que a produção de tilápia, em tanques-rede, em represas rurais da região leste do estado de São Paulo, vem se firmando como uma atividade promissora para aumentar a renda dos produtores.

Assim, foram realizados vários trabalhos de pesquisa, em parceria com a Embrapa Meio Ambiente, na Apta Regional do Leste Paulista, da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios, em Monte Alegre do Sul, SP, para avaliar os efeitos da densidade de estocagem, frequência alimentar, diferentes linhagens de tilápia e percentual de proteína bruta na qualidade da água e no desempenho zootécnico dos peixes.

Aspectos relevantes, referentes ao regime climático da região, características da represa, manejo da produção, qualidade da água, desempenho zootécnico e os índices econômicos foram considerados, para cada um dos experimentos e os pesquisadores concluíram que para promover um melhor desempenho zootécnico e econômico, para a produção de tilápia em tanques-rede, as seguintes Boas Práticas de Manejo (BPM) são recomendadas: o uso de tilápia proveniente de linhagens melhoradas geneticamente, estocagem entre 100 e 150 peixes/m3 (produtividade média de 70kg/m3 ), alimentada com ração comercial, contendo 32% de PB, fornecida duas vezes ao dia e durante sete dias da semana, obtendo-se assim, melhor ganho de peso e biomassa final.

A alimentação é essencial.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

Experimento com dendezeiro irrigado na Embrapa Cerrados. Foto: Caren Henrique

Apesar de a palma de óleo ou dendê (Elaeis guineensis, Jacq.) ainda ser uma cultura oleaginosa não recomendada para plantio no Cerrado do Brasil Central, de acordo com o zoneamento agroecológico da cultura, pesquisadores têm buscado identificar e mensurar os fatores que podem viabilizá-la na região – entre eles, a questão hídrica, já que o dendezeiro precisa do solo constantemente úmido para se desenvolver, enquanto o bioma apresenta um período de seca de seis meses ao longo do ano.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

Aplicativo permite verificar as melhores datas de plantio de 43 culturas no Brasil. Foto: Divulgação Mapa

A Embrapa Informática Agropecuária coloca à disposição da sociedade várias soluções tecnológicas digitais que apoiam e facilitam o monitoramento de diversas atividades agropecuárias.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

Foto: Danilton Luiz Flumignan

A Tecnofam 2020 (Tecnologias e Conhecimentos para a Agricultura Familiar) foi adiada devido à pandemia de coronavírus – COVID 19 e nova data está sendo programada para a sua realização. Mas, assim como nas outras três edições, a Embrapa Agropecuária Oeste, promotora do evento, e os realizadores da Tecnofam, doam os alimentos produzidos na área de Tecnologias a Campo para instituições filantrópicas.

Neste ano, estão sendo colhidas as hortaliças e doadas para duas instituições de caridade, sem fins lucrativos, de Dourados (MS): o Lar Ebenezer e a Toca de Assis.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

Até o dia 31 de março, o Acre registrou 42 casos positivos para o Covid-19. Foto: Embrapa Acre

Um boletim divulgado diariamente pela Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre) informa sobre o avanço do coronavírus (Covid-19) no estado. Além de dados atualizados, como o número de casos notificados e confirmações, a publicação traz ainda a distribuição geoespacial dos casos positivos para o vírus por meio de mapas elaborados pela Embrapa Acre.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais