Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
José Ferreira Pinto, da Fazenda Santa Barbara, em Quirinópolis (GO), fala sobre sua experiência com o sistema IPF (Integração Pecuária Floresta), destacando o bem-estar animal, ganhos de produtividade na atividade pecuária leiteira e a implantação do componente florestal na propriedade.

Fonte: Embrapa

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
O pesquisador colombiano Juan Pablo Molina, cientista visitante da Corporación Colombiana de Investigación Agropecuaria (Corpoica), que desenvolve pesquisas em consórcio com a Embrapa, apresentou em palestra métodos sustentáveis de controle de pragas do coqueiro. Confira.

Fonte: TV UFMG

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Bingo Banana é um método de esquadrejamento da área como se fosse um jogo educativo voltado para estimular os agricultores familiares a cultivarem a bananeira, seguindo as orientações técnicas.

Fonte: Embrapa

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Apesar de ocupar uma área de 11% do território brasileiro, a Caatinga é proporcionalmente a menos estudada entre as regiões naturais brasileiras. Com o objetivo de mudar essa realidade, existe em Petrolina, no sertão pernambucano, uma ferramenta de educação ambiental que funciona como uma sala de aula ao ar livre: a Trilha Ecológica da Embrapa Semiárido.

Fonte: RTV Caatinga Univasf

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
A Embrapa Pecuária Sudeste, em parceria com a Unipasto, apresenta um vídeo com informações técnicas sobre o Guandu BRS Mandarim para recuperação de pastagens degradadas. Em sistemas de integração com braquiária, a leguminosa BRS Mandarim tem contribuído para restabelecer a fertilidade do solo e melhorar o desempenho animal.

Fonte: Embrapa

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
O camu-camu tem alto teor de vitamina C, superando a acerola em 20 vezes, e o limão, em 100 vezes. Apesar do fruto já ser utilizado por outros países como o Peru, onde tem prestígio na indústria farmacêutica, de alimentos e bebidas, ainda é pouco explorado pelos habitantes da região amazônica.

Fonte: Dia de Campo na TV

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Uma das mais importantes estratégias para uma produção agropecuária sustentável. Possibilita que as atividades agrícolas, pecuárias e florestais sejam integradas na mesma área. Os benefícios são muitos, como redução da pressão por desmatamento, diversificação na renda do produtor rural e diminuição das emissões de gases de efeito estufa. A iLPF gera ainda melhorias no solo, equilibra a utilização dos recursos naturais e mantém a qualidade da água. Com seu uso, ganham a economia, o produtor e o planeta. Informe-se: www.agrosustentavel.com.br.

Fonte: Embrapa

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
O Sistema Plantio Direto é um dos mais eficientes e sustentáveis sistemas de produção agropecuária. Entre outros benefícios, minimiza a perda de solo pela erosão; possibilita a conservação e a melhoria dos atributos físicos, químicos e biológicos do solo, aumentando a sua matéria orgânica; reduz a necessidade de mecanização e o gasto de energia; e favorece a redução de custos de produção. Permite ainda a produção de água limpa, uma vez que o solo protegido favorece a infiltração e a recomposição do lençol freático, um importante serviço ambiental. Informe-se: www.agrosustentavel.com.br.

Fonte: Embrapa

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
O programa Conexão Ciência fala sobre as pesquisas para adequar a produção agrícola às medidas de preservação do Código Florestal, que completa cinco anos em 2017. Quem fala sobre o assunto é o pesquisador da Embrapa Felipe Ribeiro.

Fonte: TV NBR

Compartilhe esta postagem nas redes sociais