Fonte: Faemg

Em meio às difíceis previsões para a economia brasileira neste ano, pequenos produtores rurais de Arinos, na região noroeste do estado, estão empenhados em aperfeiçoar a produção de frangos caipiras para aumentar a renda familiar.

Patrícia Soares da Silva, que já tinha feito o curso de Avicultura do Sistema Faemg/Senar Minas alguns anos atrás, solicitou o curso novamente no início de março para se atualizar e para que outros moradores da comunidade Paulo Freire, onde ela mora, também pudessem adquirir o aprendizado.

O treinamento ministrado pela instrutora Camila Delfim trata da construção de galinheiros, desinfecção e limpeza dos ambientes, produção de equipamentos para as aves com materiais reaproveitáveis, saúde das aves através de vacinação, manejo reprodutivo, alimentício e sanitário, e, por fim, trata de gestão, com ênfase em custos de produção de frangos e ovos.

“O curso nos motivou muito.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Faemg

FAEMG defende retomada gradual da economia, com a manutenção dos rígidos cuidados sanitários

A Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (FAEMG), atenta aos reflexos da pandemia do coronavírus no estado e no país, solicitou ao governo do estado e aos prefeitos dos municípios mineiros providências para minimizar os problemas econômicos que o agronegócio está enfrentando e que devem se agravar nos próximos dias.

A FAEMG defende que os governos federal, municipal, estadual, sigam com os esforços que preservem a saúde dos mineiros, pois o momento é grave e exige cuidados que devem ser observados por todos os cidadãos e atenção às orientações dos órgãos sanitários.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Faemg

Pesquisador da EPAMIG esclarece que planejar e realizar gestão eficiente da água impulsiona a produção de leite, promove saúde e bem estar animal

Pode parecer óbvio, mas ainda hoje é preciso discutir os benefícios da ingestão adequada de água por bovinos nas fazendas do Brasil. Na pecuária leiteira, o que se observa em muitos empreendimentos do país é negligência na disponibilidade de água e nos cuidados com os bebedouros dos animais.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Faemg

A grande quantidade de chuvas  no início do ano e, mais reecentemente, a pandemia do coronavírus, assustaram diversas localidades e levaram as pessoas a agir depressa para mitigar os problemas. Em Sacramento, no Triângulo Mineiro, o curso de Recuperação e Proteção de Nascentes do Sistema Faemg / Senar Minas resolveu pelo menos um desses problemas.

Com as chuvas intensas, Simone Alves Fraga, bióloga e filha de produtor rural, assistiu uma grande quantidade de água invadir as terras da família e dos vizinhos, atingindo uma nascente e causando seu assoreamento.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Faemg

Há 10 anos, o ex aluno do curso de Pedreiro do Sistema FAEMG/SENAR Minas, Milton Alves Franco, teve uma alergia provavelmente causada pelo manuseio de areia que mudou sua vida.

Impossibilitado de atuar como pedreiro, Milton fez o curso de  Produção Artesanal de Alimentos e abriu sua padaria no distrito Leliveldia, município de Berilo, no Vale do Jequitinhonha.

“Desde criança sempre ajudei minha mãe com as quitandas e logo que iniciei no curso de alimentos artesanais tive a certeza que o caminho a seguir seria o de padeiro.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Faemg

Investidores aguardam novas medidas para conter impactos do coronavírus

O Ibovespa subia nesta quinta-feira (26/03/20), apesar de os dados de desemprego dos Estados Unidos terem sido piores do que o esperado. O número de americanos que solicitaram o seguro desemprego na última semana (finda em 21 de março) disparou para 3,28 milhões enquanto a expectativa era de que o número ficasse em 1,6 milhão. A quantidade, inflada pelas medidas para conter a proliferação do coronavírus, foi a maior já registrada no país, superando o último recorde, de 1982. 

Apesar do resultado, o mercado reagiu de forma positiva à espera de novos estímulos do Federal Reserve (Fed) para atenuar os impactos econômicos do coronavírus.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Faemg

A coordenadora da Assessoria Técnica do Sistema FAEMG, Aline Veloso, falou hoje, ao vivo, para o Bom Dia Minas (TV Globo) sobre os desafios para o agronegócio mineiro causados pela pandemia de coronavírus.

Clique aqui e assista à entrevista, a partir do momento 1:27:06 do vídeo.
https://globoplay.globo.com/v/8429679/programa/

Clique aqui para assinar GRATUITAMENTE o Agrosoft e receber todos os dias no seu email as notícias em destaque.

Clique aqui para divulgar notícias e artigos no Agrosoft



Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Faemg

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil entregou ofício ao Ministério da Agricultura solicitando a prorrogação de prazos para reembolso de financiamentos rurais e garantia de acesso a crédito para a safra 2020/21, entre outras ações para proteger o produtor rural neste momento de enfrentamento à pandemia do coronavírus.

“É preciso amparar o produtor rural, que se mantém no campo produzindo e garantindo o abastecimento de alimentos, no país e no mundo, mesmo diante da situação de calamidade instaurada a partir da pandemia do coronavírus.”
João Martins, presidente da CNA

PROPOSTAS DA CNA:
CRÉDITO
Objetivos:
• Prorrogação automática dos financiamentos de custeio e investimento para produtores com contratos em que a soma totalize R$ 1,5 milhão, nessas finalidades de crédito.
• As medidas não deverão comprometer os limites de créditos dos produtores rurais para a safra 2020-2021.
• Para os demais produtores, é necessária a comprovação de perda de receita.
Novas propostas:
• Prorrogar as parcelas de investimentos vencidas e que vão vencer em 2020, para produtores adimplentes em 28/2/2020.
• Adiar os vencimentos dos contratos de custeio por seis meses, sem incidência de juros e correção monetária.
• Suspender por seis meses as condições para alongamento e reprogramação do reembolso de operações de crédito de custeio agrícola (dispensando apresentação de comprovante de que o produto está armazenado).
• Suspender a necessidade de registro em cartório de todas as atividades de crédito rural.
• Retirar taxas sobre o valor dos financiamentos para alongamento do crédito, como tarifas para estudo de alongamento e repactuação das operações de crédito rural que têm sido cobradas pelas instituições financeiras.
• Adiar o vencimento em seis meses das parcelas de Pesa, securitização e outras operações já renegociadas, com vencimento em 2020.
• Disponibilizar linha de capital de giro com taxas de juros acessíveis para produtores afetados pela crise (exemplos: produtores de hortaliças, flores, crustáceos, leite e outros vendidos frescos).
• Para concessão de financiamento para bovinocultura e bubalinocultura (custeio e investimento), dispensar a exigência da Guia de Trânsito Animal (GTA) com data igual ou posterior à apresentação da proposta.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Faemg

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) informa que as vacinas registradas na pasta contra coronaviroses são exclusivamente para uso em animais. Jamais devem ser utilizadas em humanos. Ressaltamos ainda que os agentes responsáveis pelas doenças nos animais são muito diferentes do coronavírus responsável pela Covid-19.

As avaliações feitas pelo MAPA são voltadas às espécies-alvo dessas vacinas, como cães, bovinos e aves. Não existe segurança clínica muito menos qualquer indicação de utilização de vacinas de uso veterinário por humanos, sob risco de reações graves e efeitos colaterais severos.

REAFIRMAMOS: ESSAS VACINAS SÃO DE USO VETERINÁRIO EXCLUSIVO! JAMAIS DEVEM SER UTILIZADAS EM HUMANOS!

Clique aqui para assinar GRATUITAMENTE o Agrosoft e receber todos os dias no seu email as notícias em destaque.

Clique aqui para divulgar notícias e artigos no Agrosoft



Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Faemg

Em meio à pandemia do coronavírus, que paralisou a economia causando prejuízos em diversas classes e setores, surgem ideias para superar esse cenário desolador, que afetou especialmente os pequenos produtores e pequenos comerciantes.

Um exemplo de renovação veio da comerciante Daniela Cristina Rodrigues (foto acima), de 37 anos, que tem uma banca no mercado municipal de Araçuaí, no Vale do Jequitinhonha, onde vende produtos da roça – muitos de seus fornecedores inclusive são ex-participantes dos cursos do Sistema Faemg / Senar Minas.

Após receber a notícia que o mercado municipal ficaria fechado por tempo indeterminado e com um estoque alto de produtos da roça, Daniela teve a ideia da “banca online”. 

“Eu e meus filhos moramos com minha mãe, de 65 anos.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Faemg

Projeto piloto em Patrocínio (MG) liderado por produtores traz segurança hídrica para 100 mil habitantes no maior município produtor de café do Brasil

Em 1993, a Organização das Nações Unidas (ONU), declarou o dia 22 de março como data oficial para comemoração do Dia Mundial da Água, como reconhecimento ao patrimônio vital da humanidade. A data, por sua vez, vai além do homenagem à este recurso ambiental e deve resgatar atitudes que precisam ser tomadas durante todos os dias do ano.

Apesar do arcabouço legal, técnico e social que amparam o uso da água em todos os países, o processo de educação sobre o uso d’água nos diversos setores da economia ainda é incipiente.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Faemg

Muito se tem noticiado, com preocupação, que a Lei 13.874/2019, que institui a Declaração de Direitos de Liberdade Econômica, implicaria uma autorização tácita mesmo sem a avaliação de mérito e viabilidade ambiental do pedido, fato que poderia ocasionar impactos indesejáveis ao meio ambiente e à sociedade em geral.

No entanto, foi recentemente publicada pelo governo federal a Medida Provisória 915, que acrescentou um novo parágrafo 12 ao artigo 3° da Lei 13.874/2019, prevendo que a aprovação tácita “não se aplica às atividades com impacto significativo no meio ambiente, conforme estabelecido pelo órgão ambiental competente”.

Não obstante, os Estados da Federação vêm se esforçando para imprimir maior agilidade aos processos de licenciamento ambiental sem ferir garantias constitucionais e preceitos técnicos e legais relacionados ao meio ambiente.

A exemplo, o Estado de Minas Gerais, alicerçado em uma legislação atual, arrojada e moderna, consegue alinhar gestão ambiental eficiente e resultados.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Faemg

Treze jovens com idades entre 16 e 18 anos participaram, na última semana, do segundo módulo do Programa Jovem no Campo – Vaqueiro. O evento é fruto da parceria entre o Sistema Faemg/Senar Minas e o Sindicato dos Produtores Rurais de Cruzília, com mobilização de Alex Pereira dos Santos.

Em Cruzília, o segundo módulo foi conduzido pelo médico veterinário e instrutor credenciado ao Senar Minas, Fabiano Jardini da Cruz. As aulas vêm sendo ministradas na Escola Família Agrícola de Cruzília e no Sítio Nhá Chica.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Faemg

Marlon Lemos Aguiar integrou a turma de 11 alunos que participaram do curso Operador de motosserra / Operação e manutenção, realizado em Caxambu, por meio da parceria entre o Sistema Faemg/Senar Minas e o Sindicato dos Produtores Rurais de Caxambu.

Para ele, “conhecer melhor o funcionamento da máquina é essencial para a excelência do trabalho”.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Faemg

Nesse período de pandemia do Coronavírus, quando todos estão mais preocupados com os cuidados com a higiene alimentar e pessoal, duas instrutoras de cursos de Alimentação do Sistema Faemg / Senar Minas têm ajudado ex-participantes de cursos a discutirem dúvidas quanto à higienização de alimentos pelas redes sociais. As nutricionistas Luana Dias de Paula e Lorraine Soares têm trocado ideias com ex-alunos pelas redes sociais através de mensagens e vídeos explicativos.

As alunas querem confirmar fórmulas, processos e métodos utilizados nos cursos, como a transformação do álcool 92,8% em 70%, o método de sanitização das hortaliças, qual água sanitária comprar, dentre outras dúvidas.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Faemg

Diante da pandemia do novo coronavírus, o Sistema CNA/Senar disponibilizou um número de Whatsapp (61 9 3300-7278) para que os produtores rurais entrem em contato e relatem problemas de saúde ou que possam estar afetando a produção agropecuária.

“Nosso objetivo é receber informações sobre o estado de saúde do produtor e se ele está enfrentando alguma dificuldade com relação à produção, distribuição e comercialização do seu produto.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Faemg

Estar em casa devido às medidas restritivas necessárias à prevenção contra o novo Coronavírus pode ser uma boa oportunidade para se dedicar a aprender algo novo ou se especializar ainda mais. O SENAR disponibiliza em suas plataformas dois caminhos para quem deseja utilizar o tempo livre para aprimorar seus conhecimentos no agronegócio.

Na plataforma de Ensino a Distância, a entidade ampliou as vagas para os 70 cursos disponíveis, com conteúdo 100% online e certificado de conclusão.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Faemg

Prazos de atos administrativos do licenciamento, intervenção ambiental e outorga de direito de uso de recursos hídricos estão suspensos até 30 de abril

O Governo de Minas, por meio da Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Sisema) suspendeu os prazos referentes aos atos processuais praticados no licenciamento ambiental, intervenção ambiental, outorga de direito de uso de recursos hídricos e fiscalização. A medida é mais uma adotada pelo Executivo em prevenção à pandemia de Covid-19, que altera o funcionamento de diversos equipamentos do Estado.

A decisão vale até 30 de abril e será aplicada para todos os atos autorizativos da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam), Instituto Estadual de Florestas (IEF) e Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam).

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Faemg

Para enfrentar a emergência pública em função do novo coronavírus, pacientes que fazem parte do Programa “Aqui Tem Farmácia Popular” podem retirar, de uma só vez, medicamentos o tratamento por até 90 dias

A medida foi anunciada na sexta-feira, mas entrou em vigor nesta segunda-feira, 23, por causa do surto da Covid-19. Ela é válida para todos os medicamentos e correlatos ofertados pelo programa, incluindo as fraldas geriátricas, e vendidos nas drogarias e farmácias credenciadas.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Faemg

A medida dá segurança aos serviços públicos e atividades essenciais consideradas indispensáveis ao atendimento das necessidades da população

O presidente da República, Jair Bolsonaro, assinou Medida Provisória e decreto que têm o objetivo garantir a aquisição de bens, serviços e insumos destinados ao enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do novo coronavírus. Entre outras determinações, regulamenta os serviços essenciais que não devem ser interrompidos durante o período de combate a doença.

A medida dá segurança aos serviços públicos e atividades essenciais consideradas indispensáveis ao atendimento das necessidades da população que não podem esperar o fim da pandemia.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais