Fonte: UOV

CLIQUE AQUI PARA VER MAIS DETALHES DO CURSO PROFISSIONALIZANTE ONLINE DE PRODUTOR DE ÓLEOS ESSENCIAIS E VEGETAIS.

A Universidade Online de Viçosa – UOV oferece o Curso Profissionalizante Online de Produtor de Óleos Essenciais e Vegetais com o qual você aprenderá sobre a utilização e a produção desses dois tipos de óleos. Aborda o processo de destilação dos óleos essenciais e todas as instalações e equipamentos necessários, características de espécies utilizadas na produção de óleos essenciais, a miniusina de extração de óleo vegetal e o processo de extração, uso do óleo vegetal como biocombustível, entre outros.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: UOV

CLIQUE AQUI PARA VER MAIS DETALHES DO CURSO PROFISSIONALIZANTE ONLINE DE PRODUTOR DE ÁLCOOL NA FAZENDA.

A Universidade Online de Viçosa – UOV oferece o Curso Profissionalizante Online de Produtor de Álcool na Fazenda com o qual você conhecerá os procedimentos para aproveitar esse recurso valioso. O conteúdo aborda a construção da unidade de destilação, processo da fermentação alcoólica, aproveitamento dos subprodutos, rendimento, entre outros, além de contar com um material exclusivo sobre noções de empreendimento e administração que te ajudarão no gerenciamento de seus negócios.

FICHA TÉCNICA:

  • Curso: Curso Profissionalizante Online de Produtor de Álcool na Fazenda
  • Modalidade: Ensino a Distância
  • Coordenação: Juarez de Souza e Silva
  • Carga Horária: 120 horas
  • Série: Profissionalizante – 440099
  • Realização: UOV – Universidade Online de Viçosa

Clique aqui para assinar GRATUITAMENTE o Agrosoft e receber todos os dias no seu email as notícias em destaque.

Clique aqui para divulgar notícias e artigos no Agrosoft



Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

Agosto/2020 – 2ª Semana – Regiões Norte e Nordeste/Vale do Jequitinhonha

Os plátanos são o tema do Prosa Rural desta semana.  A Embrapa registrou, recentemente, dois plátanos, também conhecidos como banana-da-terra, que já eram de domínio público. Isso foi feito porque, não estando registradas, as mudas não podiam ser comercializadas de forma oficial pelas biofábricas brasileiras. A inclusão das variedades D’Angola e Terra Maranhão no Registro Nacional de Cultivares (RNC) do Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), permite a produção e a identificação de matrizes livres de vírus, bem como o acesso dos produtores aos sistemas oficiais de crédito rural.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

Agosto/2020 – 2ª Semana – Região Centro-Oeste/Sudeste

Esta semana, o Prosa Rural fala sobre o impacto das cinzas de queimadas no solo, na água e na vida das pessoas. Cientistas concluíram que a presença das cinzas das queimadas altera a composição química do solo. E quando ocorre o escoamento superficial após uma chuva, substâncias presentes nas cinzas atingem as águas subterrâneas e superficiais, contaminando-as. Mesmo diante desses problemas, o fogo continua sendo utilizado na agricultura, trazendo sérias consequências.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

Agosto/2020 – 2ª semana – Região Sul

O Prosa Rural desta semana ensina como produzir a uva BRS Isis em regiões de clima temperado. Esta uva vermelha, sem sementes, de ciclo tardio, que foi desenvolvida especialmente para o Semiárido nordestino, agora já pode ser produzida também nas regiões mais frias. Quem conta os segredos da adaptação da BRS Isis para o Sul do País – realizada pelo Programa de Melhoramento Genético Uvas do Brasil – é o técnico Roque Zílio, da Embrapa Uva e Vinho.  Para saber mais, não perca o Prosa Rural.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Faemg

A horta na Chácara Ponto Verde, em Urucuia, no noroeste do estado, está de encher os olhos: há muito tempo não se via tanta fartura, folhas verdinhas. A mudança foi depois do curso de Olericultura do Sistema FAEMG/SENAR/INAES, realizado na propriedade rural através da parceria com o Sindicato dos Produtores Rurais do município.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Faemg

“Turismo Rural é uma atividade economicamente importante em Minas Gerais, e as cidades pequenas estão se encontrando muito nisso. Acredito que Antônio Prado também pode ganhar dinheiro com a atividade”, avalia Robson Pinto de Almeida, que se mudou para o interior de Minas depois da aposentadoria. Em 2019, fez o curso de Agente do Turismo Rural promovido pelo Sistema FAEMG/SENAR/INAES com o objetivo de desenvolver as ações que ele já fazia na cidade.

Os roteiros criados por Robson são feitos em caminhadas e também de bike.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Agência Bori


FOTO: ANDERSON RIEDEL / FOTOS PÚBLICAS

• Edição especial da Revista de Administração Pública aborda a resposta da administração pública brasileira aos desafios da pandemia
• De acordo com editorial, capacidade estatal existente não se refletiu em resposta melhor de enfrentamento à Covid-19
• Conjunto de reflexões pode subsidiar processos de tomada de decisão no contexto da pandemia

Os dados brasileiros de infecção e óbitos decorrentes da Covid-19, que chegam a mais de 100 mil mortes em 8 de agosto de 2020, segundo consórcio de veículos da imprensa, frustrou as expectativas de reação do estado brasileiro à crise sanitária.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: UOV

CLIQUE AQUI PARA VER MAIS DETALHES DO CURSO PROFISSIONALIZANTE ONLINE DE CRIADOR DE CODORNAS.

A Universidade Online de Viçosa – UOV oferece o Curso Profissionalizante Online de Criador de Codornas, cujo material é o aporte técnico necessário para te auxiliar a iniciar sua criação. Este material aborda as instalações e equipamentos necessários, manejo alimentar e sanitário, debicagem, sexagem, densidade dos lotes, legislação específica, acasalamento, incubação dos ovos, comercialização e aspectos econômicos, além de noções sobre empreendedorismo, administração, matemática financeira, marketing e negociações e muito mais.

FICHA TÉCNICA:

  • Curso: Curso Profissionalizante Online de Criador de Codornas
  • Modalidade: Ensino a Distância
  • Coordenação: Vera Maria Barbosa de Moraes
  • Carga Horária: 160 horas
  • Série: Profissionalizante – 440079
  • Realização: UOV – Universidade Online de Viçosa

Clique aqui para assinar GRATUITAMENTE o Agrosoft e receber todos os dias no seu email as notícias em destaque.

Clique aqui para divulgar notícias e artigos no Agrosoft



Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: UOV

CLIQUE AQUI PARA VER MAIS DETALHES DO CURSO PROFISSIONALIZANTE ONLINE DE HORTICULTOR ORGÂNICO.

A Universidade Online de Viçosa – UOV apresenta o Curso Online Profissionalizante de Horticultor Orgânico. O material aborda o cultivo orgânico de diversos produtos, como tomate, pimentão, abóbora, pepino, brócolis, couve-flor, repolho e muitas outras hortaliças, bem como conhecimentos necessários sobre o cultivo em estufa, preparação do solo, plantio e comercialização.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

Entender o que o mercado consumidor deseja no futuro é de extrema valia para o planejamento da cadeia produtiva da carne bovina na busca por captura de valor.

Nos próximos vinte anos, espera-se a eliminação de questionamentos sobre a segurança da carne e a possível eliminação de discurso anticarne, junto à melhoria da qualidade da carne com menor variação de preços e o crescimento da diferenciação das carnes por marcas de frigoríficos e fazendas serão propulsores do consumo de carne bovina nas próximas décadas. 

Ainda neste cenário, o aumento da representatividade da carne orgânica e o uso de tecnologia para reabastecimento de carnes via eletrodomésticos inteligentes de forma direta estimularão o refinamento dos mercados de nicho. 

Os pesquisadores do Centro de Inteligência da Carne (CiCarne) discorrem sobre “Como será o mercado consumidor de carne bovina em 2040?”, no Boletim CiCarne, semana 1o a 7 de agosto.

FONTE

Embrapa Gado de Corte

Clique aqui para assinar GRATUITAMENTE o Agrosoft e receber todos os dias no seu email as notícias em destaque.

Clique aqui para divulgar notícias e artigos no Agrosoft



Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

 

Foto: Fernando Couto
A adoção de tecnologias em propriedades rurais tem contribuído com o desenvolvimento regional no Centro-Oeste de Minas. Um projeto da Embrapa Milho e Sorgo (Sete Lagoas-MG) promove a aplicação de resultados de pesquisas em fazendas da região de Abaeté-MG.

O trabalho é realizado em parceria com o Sicoob Credioeste e apoio da Emater-MG.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

Após dez dias de intenso trabalho, chegou ao fim o Desafio Garoa no Campo Inovação, maratona de ideação de soluções para o setor agropecuário no interior de Pernambuco. Foram 32 projetos entregues, com premiação para as cinco melhores soluções ligadas aos desafios das principais cadeias produtivas do Estado: fruticultura, bovinocultura, horticultura, caprinovinocultura e avicultura.

A próxima etapa, denominada Garoa no Campo Imersão, será um programa de qualificação empreendedora de 15 semanas, com foco na modelagem de projetos e validação de soluções.  As 15 melhores equipes participantes da primeira fase (Garoa no Campo Inovação) terão a oportunidade de lapidar as ideias propostas, com potencial de firmar parcerias para codesenvolvimento dos projetos junto ao setor produtivo.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

Foto: Cristiano Menezes

  • A equipe de pesquisa, ao estudar o número de grãos de pólen de açaí transportados pelos insetos, descobriu que as abelhas nativas são o grupo de polinizadores mais eficaz
  • Mais de 70 espécies de insetos transportam pólen de açaí.
  • Porém, abelhas nativas carregam, pelo menos, oito vezes mais que os demais insetos.
  • A polinização da planta é feita, majoritariamente (90%), por abelhas sem ferrão e solitárias da família Halictidae.
  • Presença da floresta nativa é fundamental para manter a biodiversidade dos polinizadores.
  • Descobertas são importantes para a cultura, pois afetam a produtividade e a própria reprodução da planta.
  • O valor da polinização animal para a agricultura brasileira é estimado em R$ 43 bilhões anuais.
  • As abelhas nativas são os principais polinizadores do açaí (Euterpe oleracea).

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Faemg

Transformação de vida das participantes: é nisso que a instrutora Geisa Rita Fernandes, que ministrou o treinamento Produção Artesanal de Conservas, Condimentos e Produtos Derivados do Tomate para nove mulheres em Capelinha, acredita que vá acontecer após as aulas. Foi o Sindicato dos Produtores Rurais de Capelinha, em parceria com o Sistema FAEMG/SENAR/INAES, que promoveu o curso, com apoio da Loja Maçônica do município.

O curso, muito procurado por pequenos produtores e donas de casa, atraiu uma turma de nove mulheres que se mostraram satisfeitas e atenciosas com a aprendizagem.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

As análises laboratoriais serviram para determinar em qual método de secagem a redução nos teores de substâncias bioativas é menos expressiva. Foto: Lucimeire Pilon

• Secagem em estufa manteve o teor de antocianinas.

• Substância é antioxidante e responsável pelos tons azul, roxo e vermelho de frutas, raízes e folhas.

• Processo de liofilização não obteve o mesmo resultado.

• Espécie tem ampla adaptação em todo o território nacional.

• Sua farinha pode ser usada na indústria em substituição à de trigo.

Uma pesquisa da Embrapa Hortaliças (DF) analisou dois métodos de desidratação de raízes de batata-doce de polpa roxa para determinar qual seria mais eficaz em manter os parâmetros de qualidade no processo de produção de farinha.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Embrapa

Recorte do bioma Amazônia. Foto: Embrapa Territorial

A relação entre as queimadas, os desmatamentos e os imóveis rurais no bioma Amazônia foi divulgada pela Embrapa Territorial em uma nota técnica, publicada em julho, no portal Embrapa. O trabalho se baseia no cruzamento, um a um, dos pontos de calor dos satélites Aqua (Nasa – Firms) com as coordenadas geográficas de imóveis rurais registrados no Cadastro Ambiental Rural (CAR) e no censo agropecuário do IBGE e com áreas desmatadas, mapeadas pelo Programa de Monitoramento de Desmatamento (Prodes) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: jornal.usp.br


Carlos Monteiro – Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Por Carlos Augusto Monteiro, professor titular do Departamento de Nutrição da Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP e coordenador científico do Nupens/USP

Um vídeo já antigo do canal humorístico Porta dos Fundos critica uma situação comum na divulgação científica de estudos na área da nutrição.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Câmara Federal

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta segunda-feira (20) proposta que acrescenta os estados de Amapá, Rio Grande do Norte e Paraíba na área de atuação da Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco (Codevasf).

Foi aprovado um substitutivo do relator, deputado Silvio Costa Filho (Republicanos-PE), que incorporou emendas ao Projeto de Lei 4731/19, de autoria do presidente do Senado, Davi Alcolumbre.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais

Fonte: Câmara Federal

Um grupo de deputados defendeu nesta quinta-feira (06/08/20) a proteção ao meio ambiente como forma de garantir o crescimento econômico do País. Trata-se do grupo responsável pela seleção de projetos da pauta ambiental para votação no Plenário da Câmara.

Em debate on-line promovido pelo jornal Estadão, os parlamentares também criticaram a falta de articulação do governo federal no setor.

O deputado Enrico Misasi (PV-SP) ressaltou as possibilidades econômicas da floresta de pé.

Clique para saber mais…

Compartilhe esta postagem nas redes sociais