Agronegócio AgroUrbano AgroApps Variedades Busca Grátis

IDENTIFICAÇÃO DO REBANHO ABRE AS PORTAS DO MERCADO INTERNACIONAL À CARNE GAÚCHA

Clique na imagem para ver o vídeo

Para a coordenadora da Câmara Setorial da Carne do Rio Grande do Sul, Ana Sune, ficou evidente a necessidade do Estado começar a identificar o rebanho. É uma ferramenta que vai nos habilitar, por exemplo, a preencher a Cota Hilton, mercado diferenciado, que abre a possibilidade do Brasil comercializar, mediante algumas condições, entre as quais a rastreabilidade, 10 mil toneladas de carne para a Europa, a preços muito bons, o que não conseguimos atender.

Compartilhe: Link | Facebook | Twitter | Telegram | Linkedin

LIVROS EM DESTAQUE NA AMAZON BRASIL

AGRICULTURA | GASTRONOMIA | CIÊNCIAS | COVID-19 | MAIS VENDIDOS | EM OFERTA

Clique na imagem abaixo para ver o vídeo.


Para a coordenadora da Câmara Setorial da Carne do Rio Grande do Sul, Ana Sune, ficou evidente a necessidade do Estado começar a identificar o rebanho. É uma ferramenta que vai nos habilitar, por exemplo, a preencher a Cota Hilton, mercado diferenciado, que abre a possibilidade do Brasil comercializar, mediante algumas condições, entre as quais a rastreabilidade, 10 mil toneladas de carne para a Europa, a preços muito bons, o que não conseguimos atender.

Fonte: Governo do Rio Grande do Sul

LIVROS EM DESTAQUE NA AMAZON BRASIL

AGRICULTURA | GASTRONOMIA | CIÊNCIAS | COVID-19 | MAIS VENDIDOS | EM OFERTA

Compartilhe esta matéria no Telegram | Facebook | Twitter | Linkedin ou copie o link abaixo para enviá-lo por qualquer outro meio:

https://agrosoft.com.br/social/?q=2013-09-02-identificacao-do-rebanho-abre-as-portas-do-mercado-internacional-a-carne-gaucha

AGROSOFT NAS REDES: Telegram Twitter Facebook
CANAIS: Agronegócio AgroUrbano AgroApps Variedades
Clique aqui para ver a edição completa do Agrosoft de HOJE